domingo, 13 de setembro de 2009

MUSCADET SEVRE ET MAINE AOC - O LOIRE BRANCO "SUR LIE".


Dessa vez nossa confraria deu um pulinho até o vale do Loire para conhecer mais uma AOC branca e suas peculiaridades. Os vinhedos de Muscadet Sèvre et Maine se encontram numa área de 8800 hectares no sudoeste de Nantes; englobando 23 municípios recebendo seu nome de dois afluentes do Loire que atravessam  a região: Sèvre Nantaise et Petit Maine.  Sua produção anual é de 418000 hl , sendo responsável por 80 % da produção de Muscadet na França.

Curiosamente a estória dessa AOC deu-se início a partir de uma tragédia, o grande inverno de 1709, que abateu sobre  região de Nantes congelando e destruindo a maioria das videiras tintas e brancas. Sobreviveram as de Muscadet, que haviam sido plantadas por comerciantes holandeses para a produção do seu brandy. Como alternativa foi ampliado o seu plantio por ser  uma casta sabidamente mais resistente ao frio. Isso tudo sem falar na Phylloxera que também passou pra fazer uma visitinha.
    
A Melon de Bourgogne é também chamada de  Gamay de Bourgogne por ser a prima branca da Gammay; e assim como ela,  é conhecida por ser facilmente cultivada gerando vinhos jovens e frutados. 

A denominação  "Sur Lie" - sobre as borras pode aparecer junto á apelação de origem; desde que que o vinho descanse em contato com as suas  borras (cascas, caroços, leveduras) nos barris ou  inox ao menos um inverno após a primeira fermentação até o engarrafamento. Tal processo vem de uma tradição familiar do início do século passado, quando os camponeses guardavam assim os melhores barris de cada safra para serem consumidos nas grandes festas como casamento (barril da noiva). Conservado sem a trasfega, esse vinho adquiria maior frescor, estrutura e leve gazeificação natural;  além de se proteger de oxidação.  Daí surgiu o Muscadet Sevre et Maine "Sur Lie".

Características organolépticas:

Seus vinhos brancos secos são caracterizados por possuir caracteristicas cítricas  e de frutas brancas, pouca mineralidade com média  acidez e bolhas naturais geradas pelo "sur lie", tornando-se um vinho elegante e com  bom frescor típico do verão francês para ser consumido com seus pratos regionais de frutos do mar..

Nessa noite degustamos dois vinhos da Domaine La Haute Fevrie considerado um dos melhores produtores de Muscadet, vamos a eles:



1 - Muscadet Sevre et Maine Sur Lie 2007  Domaine de la Haute Fevrie.  

Vinho de coloração amarelo palha com toques verdeais, que no nariz mostrou limão siciliano, maçã verde e herbáceo. Bela acidez na boca com toque de menta e presença de picância pelas bolhas residuais da fermentação. Médio corpo com retrogosto bem refrescante e pouca ou nula mineralidade.Vinho feito de 100% Melon de vinhedos de 35 anos. Ótimo custo benefício.

2 - Muscadet Sevre et Maine Sur Lie Terroirs Les Gras Moutons 2006  Domaine de la Haute Fevrie.

Vinho amarelo palha com toques dourados, límpido e translúcido. Nariz mostrou-se mais complexo com aromas  floral e de frutas maduras e cítricas como melão, maçã verde e lichia. Presente pouca mineralidade e fundo tostado ou de fermento de pão. Bom paladar e médio corpo com boa estimulação de papilas, porém ao meu gosto faltou um pouco de acidez e álcool. Provém de vinhedo único devideiras de até 75 anos de idade e 100%  Melon que permeneceu durante 6 meses "sur lie".

São perfeitos para ostras, aperitivo, entradas com peixe e frutos do mar, peixes grelhados ou com molho beurre blanc  e que segundo Rodrigo caem muito bem com ceviche.

Só para terminar o Crémant do Loire existe sim!

 Para saber mais:

http://www.vinsdeloire.fr/   excelente site
http://www.vigneron-independant.com/  e diga oui!
http://www.vinhoszahil.com.br/
http://www.emporiobasilico.com.br/

ABBRACCI!!!

2 comentários:

Anônimo disse...

Muito bom Dr Roberto.
O primeiro realmente é muito bom, meu vinho preferido para estes dias quentíssimos.
Um abraço, Rodrigo.

ROBERTO (ANTICA OSTERIA MARINO) disse...

Vamos tomar mais deles sim !!!!continue nos trazendo ótimos brancos.

abç

Boby